Para assistir Cavaleiros do zodiaco basta clicar na pequena imagem,que a tela da TV abrirá automaticamente
 tv Cavaleiros

Ou se preferir escolha o episódio,basta ir em animes e procurar os Cavaleiros do Zodíaco

Obs: já que esse blog não descrimina outros animes,nós deixamos os episódios de Dragon Ball,para quem não gostar pedimos desculpas


Descubra quem você é nos Cavaleiros do Zodiaco

Para descobrir quem você é nos Cavaleiros do zodiaco,basta clicar na imagem:

Saga do Santuário

  • Lendas de Uma Nova Era
Jovens são enviados a diversas partes do mundo para serem treinados e tornarem-se cavaleiros. Mas apenas 10 conseguem voltar trazendo a armadura de bronze. Começa a Guerra Galáctica, torneio que premiará o vencedor com a Armadura de Ouro de Sagitário, mas nem todos os cavaleiros apresentam-se para participar do campeonato. Na Guerra Galáctica, Seiya de pégaso enfrenta Geki de Urso e o vence. Hyoga de Cisne vence Ichi de Hydra, Seiya de Pégaso vence Shiryu de Dragão. Quando Shun de Andrômeda e Jabú de Unicórnio estão lutando, Ikki de Fênix aparece e os Cavaleiros Negros roubam a Armadura de Sagitário.
Os Cavaleiros de Bronze vão atrás dos Cavaleiros Negros, mas recuperam apenas partes da armadura. Ikki foge. Desafiados por Ikki, os Cavaleiros de Bronze enfrentam os Cavaleiros Negros. Seiya é gravemente ferido e Hyoga sofre um golpe mortal. Depois de quase matarem os Cavaleiros de Bronze, os Cavaleiros Negros são finalmente vencidos e a Armadura de Ouro recuperada.
No Santuário, Mestre Ares chama o Cavaleiro de Cristal e aplica nele o golpe Satã Imperial, deixando o cavaleiro totalmente dominado. Ao chegar à Sibéria, Hyoga encontra seu Mestre transformado e acaba tendo que matá-lo.
Gigars envia o Cavaleiro do Fogo para matar Saori Kido. Shun tenta detê-lo, mas surge Ikki de Fênix, que liquida o Cavaleiro do Fogo.
  • Os Cavaleiros de Prata e a Grande Revelação
Pitón manda Marin de Águia, que foi mestra de Seiya, ir atrás dele no japão. Misty de Lagarto a segue e enfrenta Seiya, mas o Lagarto é derrotado pelo Pégaso. Chegam mais dois Cavaleiros de Prata. Mouses de Baleia e Asterion de Cães de Caça. Eles descobrem que Marin ajudou Seiya a exterminar Misty e prendem a amazona como traidora. No meio do combate com Seiya, os Cavaleiros de Prata revelam que Marin é a irmã desaparecida do Pégaso. Seiya elima Mouses. Marin se solta e ajuda Seiya a vencer Asterion.
De volta à Grécia, os Cavaleiros de Bronze descobrem que Saori Kido é a reencarnação de Atena. Surge Babel de Centauro. Durante a luta aparecem três cavaleiros desconhecidos, os Cavaleiros de Aço. Com a ajuda dos Cavaleiros de Aço. Com a ajuda dos Cavaleiros de Aço, Hyoga liquida Babel.
Pitón então envia Shina de Cobra, Algol de Perseu e Spartam atrás de Seiya e seus amigos. Seiya enfrenta e vence Shina, mas ele e Shun são transformados em pedra pelo Escudo da Medusa de Algol. Cego, mas guiado pelo cosmo de Atena, Shiryu derrota o Cavaleiro de Prata, fazendo Seiya e Shun voltarem ao normal. Shina e Spartan fogem.
De volta ao Japão, Seiya e os demais ficam sabendo que os Cavaleiros de Aço foram criados em segredo por Mitsumasa Kido para ajudá-los. Shiryu volta a Rosan para se recuperar.
Enquanto isso, na Fundação, Seiya e Ikki se desentendem e Jamian de Corvo seqüestra Saori. O Pégaso localiza o Cavaleiro de Prata que levou Atena e a liberta dos corvos mas, encurralado, é obrigado a saltar montanha abaixo com Saori nos braços. Shina surge e vê a Deusa agradecer a Seiya por tê-la salvo. Enciumada, a Amazona de Cobra parte para matar o Cavaleiro de Bronze. Porém, quando tudo parece perdido, Shun e Hyoga chegam ao local, derrotam Jamian e atingem Shina, que desaparece.
Mais dois Cavaleiros de Prata aparecem. Capella de Auriga e Dante de Cérbero quase matam os Cavaleiros de bronze. Entretanto, ikki surge para defender Saori. Dante é liquidado por Fênix e Capella é mandado para o Mundo dos mortos com o Golpe Fantasma. Dante ainda tenta voltar à luta, mas Shun dá conta dele.
Ikki volta à Ilha da Rainha da Morte, onde enfrenta dois Cavaleiros Negros: Jango e o Fênix das Trevas. Fortificado pelo Espírito de Esmeralda, o mais forte dos Cavaleiros de bronze detona seus adversários.
Shiryu recebe em Rosan a visita de ohko, antigo discípulo do Mestre Ancião que voltou pra enfrentar o Dragão e provar que é o mais forte, mas acaba vencido. Na Fundação, a Máscara de Sagitário se une ao resto da armadura e afunda num lago.
Enquanto isso, Seiya luta contra Aracne de Tarântula. Depois de derrotar o Cavaleiro de Prata, o Pésago vai atrás da Água da Vida a fim de levá-la para Shiryu.
  • As 12 Casas do Zodíaco e seus Guardiões
Ares fala sobre os Cavaleiros de Ouro, guardiões das 12 Casas Zodiacais, e chama Milo de Escorpião para liquidar os Cavaleiros de Bronze.
No hospital, Seiya é atacado por Shina, mas quando Aiolia de Leão chega para matá-lo, a Amazona salva seu amado. Surgem Algethi de Hércules, Dios de Mosca e Siríus de Cão Maior, Cavaleiros de Prata que Seiya vence com a ajuda da Armadura de Ouro de Ságitario. Saori e o Espírito de Aiolos revelam que Ares tentou matar Atena.
Enquanto isso, o Máscara da Morte tenta exterminar o Mestre Ancião (Dohko de Libra), mas Shiryu encara o Cavaleiro de Ouro. Quando o dragão está prestes a ser derrotado, Mu de Áries surge para ajudá-lo.
Aiolia tenta desmascarar Ares, mas Shaka de Virgem aparece e enfrenta o Leão.
Saori é acertada no peito com uma flecha de ouro, pelo Cavaleiro de Prata, Tremy de Flecha. Para salvá-la, os Cavaleiros de Bronze têm que atravessar as 12 Casas Zodiacais em 12 horas.
  • Elevando o Cosmo até o Sétimo Sentido
A primeira é a de Áries, mas Mu não oferece resistência, e os avisa que eles terão de elevar seu Cosmo para concluir sua missão.
Na Casa de Touro, Seiya eleva seu cosmo ao sétimo sentido e consegue quebrar o chifre do Elmo de Aldebaran.
Na Casa de Gêmeos, os Cavaleiros notam a existência de dois Templos. Shun e Hyoga vão para um, Seiya e Shiryu para o outro. Mas o Dragão tira o Pégaso da Casa. No outro Templo, Shun e Hyoga são mandados a outra Dimensão. Andrômeda consegue escapar, porém o Cisne fica preso. Ikki manda sua cosmo energia para quebrar a concentração de Ares. Enquanto isso, Gêmeos volta a atacar. Shun envia sua Corrente à outra Dimensão, atinge Ares e segue para a próxima Casa.
Hyoga cai no Templo de Libra, onde enfrenta Camus de Aquário (Mestre do seu Mestre, o Cavaleiro de Cristal) e é vencido, ficando preso no gelo eterno.
O Pégaso e o Dragão chegam à Casa de Câncer. Shiryu manda Seiya seguir para a próxima Casa enquanto ele combate o Máscara da Morte. O Cavaleiro de Câncer lança o Dragão no Mundo dos Mortos. Graças às orações de Shunrei, o Cavaleiro de Bronze se recupera. O Máscara da Morte vai ao Mundo dos Mortos garantir que seu adversário morra de vez. A Armadura de Ouro deixa o corpo de Câncer. Shiryu, também tira sua armadura e derrota o Máscara da Morte. O espírito do Dragão volta ao seu corpo e sua visão é recuperada.
Seiya chega à Casa de Leão, onde encontra Aiolia mudado, decidido a matar o Pégaso. Cassius, pupilo de Shina, percebe o quanto sua Mestra ama o Pégaso, e como sabe que Aiolia está dominado por Ares, o brutamontes decide ajudar Seiya, recebendo os golpes em seu lugar. Ajudado pelo cosmo de Atena, o Pégaso atinge Aiolia, que volta ao normal, mas Cassius morre.
Ikki sai do vulcão e enfrenta Shiva de Pavão e Ágora de Lótus, Discípulos de Shaka de Virgem. Porém, Shaka lança seu cosmo para paralisar o Fênix, que não consegue acertar seus oponentes. Atena, então, corta a concentração do Cavaleiro de Virgem, e Ikki liquida Shiva e Ágora. Seiya,
Shun e Shiryu entram na Casa de Virgem. Quando Shaka ia arrancar a cabeça de Andrômeda, Ikki chega. O Cavaleiro de Ouro lança o Fênix nos seis mundos do Sei San Sara. O Cavaleiro de Virgem aplica seu golpe em Ikki, deixando-o sem os cinco sentidos. O Fênix, então, iguala seu Cosmo ao de Shaka, mas os dois morrem.
Shina fica sabendo da morte de Cássios e decide ajudar os Cavaleiros de Bronze.
Na sétima casa, Seiya, Shiryu e Shun encontram Hyoga preso no gelo e o libertam com a Espada da Armadura de Libra. Enquanto Seiya e Shiryu vão para o próximo Templo, Shun fica para reanimar o amigo.
Na oitava Casa, o Pégaso e o Dragão são feridos por Milo de Escorpião. Hyoga, recuperado, surge e prende Milo com seu Circulo de Gelo, ordenando que Shiryu, Seiya e Shun sigam em frente. A batalha entre Milo e Hyoga é difícil, mas o Escorpião decide parar de lutar.
Tatsumi e os Cavaleiros de Bronze menores chegam ao Santuário.
Na Casa de Aquário, Camus aguarda o pupilo do Mestre Cristal.
Tatsumi entrega o Cetro a Saori, evocando o poder das Armaduras.
A Armadura de Sagitário volta a seu Templo. Quando Seiya, Shun e Shiryu entram na Casa de Sagitário, a vestimenta sagrada lança sua flecha contra o Pégaso. A flecha que a Armadura de Sagitário lança contra Seiya abre uma passagem secreta na Nona Casa. Shun recobra a consciência e Hyoga entra no Templo. Juntos, os Defensores de Atena passam pelas armadilhas e saem da Casa de Sagitário.
Na Casa de Capricórnio, uma enorme fenda no chão separa Shiryu dos outros. O Dragão encara a Excalibur de Shura. Sem sua Armadura, Shiryu permite que o Cavaleiro de Ouro enterre a mão em seu peito e aplica nele o golpe proibido pelo Mestre Ancião, quando sobe ao céu e mata o Cavaleiro de Capricórnio.
Na Casa de Aquário, Hyoga enfrenta Camus. Seiya e Shun seguem para a próxima Casa. Na luta entre o Cisne e o Aquário, uma forte explosão destrói os dois Cavaleiros.
Seiya e Shun chegam à última Casa Zodiacal. Enquanto Andrômeda enfrenta Afrodite de Peixes, o Pégaso corre para a Sala do Mestre, mas encontra rosas venenosas e desmaia. Ao saber que Afrodite matara seu Mestre na Ilha de Andrômeda, Shun explode seu Cosmo e atinge o Cavaleiro de Peixes. O confronto entre Shun e Afrodite é sangrento. Finalmente, o Cavaleiro de Bronze eleva seu cosmo e vence o Cavaleiro de Ouro, mas cai morto, sem forças.
Na Sala do Mestre está Saga de Gêmeos que, como Mestre, se mostra generoso desta vez e diz a Seiya para deter o Relógio de Fogo se quiser salvar Atena. Seiya está saindo para o Templo de Atena quando Saga se transforma em um ser malvado novamente e ataca o Cavaleiro de Bronze.
Na Casa de Áries, Shaka, através da telepatia, pede a Mu para ajuda-lo.
Ikki, que chega a tempo de ajudar Seiya. O Pégaso escapa, mas Saga golpeia o Fênix e vai atrás dele. No Templo de Atena, Seiya pega o Escudo de Ouro e direciona para Saori. A flecha no peito de Saori desaparece. Saga, invencível, luta com Seiya e Ikki. Saori, então, sobe as 12 Casas e ressuscita os Cavaleiros de Bronze mortos. Quando todos retornam ao Templo, a Armadura de Gêmeos deixa o corpo de Saga diante de Saori, e ele é atingido pelo Cetro de Atena. Ao morrer, Saga volta ao normal e implora perdão. Saori toma Seiya nos braços para que seu Cavaleiro descanse em paz.

Saga de Asgard

  • O Anel Nibelungo
Em meio as gélidas montanhas do norte da Europa, Hilda (representante de Odin na Terra) reza para Odin proteger Asgard. Porém nem todas as orações do mundo poderão impedir as forças malignas que se aproximam. A bondosa líder do povo de Asgard também suplica que sua estrela protetora, Polaris, a ajude a reconstruir os domínios do deus Odin. Mesmo cheia de boa vontade em seu coração, Hilda é enfeitiçada pelo maligno Anel Nibelungo, enviado por uma entidade desconhecida.
  • Os Guerreiros Deuses
O plano de Hilda, agora dominada pelo mal, para ter controle da Terra é simples. Ela pretende destronar Atena do Santuário para tomar seu lugar. Para tanto, a agora perversa Hilda invoca Odin para que lhe envie seus guerreiros, os novos Guerreiros Deuses. São convocados ao palácio Valhalla: Thor de Phecda protegido pela estrela Gama, Hagen de Merak protegido pela estrela Beta, Shido de Mizar protegido pela estrela Zeta, Fenrir de Alioth protegido pela estrela Epsílon, Alberich de Megrez protegido pela estrela Delta, Mime de Benetnasch protegido pela estrela Eta e o Dragão Sigfried de Dubhe protegido pela estrela Alfa. Agora Hilda e seus Guerreiros Deuses tentarão derrotar os Cavaleiros de Atena, para tomar o Santuário da deusa e impor seu império sombrio sobre o mundo.
  • A Invasão do Santuário
Shido é enviado para o Santuário na Grécia para dar início aos planos de Hilda. O tigre negro invade o Santuário onde se depara com o Cavaleiro de Ouro Aldebaran de Touro. Por incrível que pareça, o poderoso Aldebaran é vencido por um único golpe dado pelas garras congelantes de Shido.
O Guerreiro Deus de Mizar é muto mais pretensioso do que parece. Após abater Touro, ele se dirige a casa da Fundação Graad, onde Saori está. O objetivo de Shido é assassinar a deusa Atena e abrir as portas do Santuário para Hilda.
  • As Garras do Tigre Negro
Shido chega na nova sede. Lá, ele tenta atacar Saori que é defendida por Jabu e pelos outros cavaleiros de bronze. O Cavaleiro de Unicórnio não é páreo para Shido e é derrotado. Shun surge. Vestido com sua nova armadura ele se posta para defender Saori. Com a reforçada Corrente de Andrômeda ele impede que o Guerreiro Deus dispare seu golpe contra Saori.
Shun é atingido pelas garras congelantes de Shido. Sentindo que Atena está em perigo, Seiya entra em ação, exibindo sua nova Armadura de Pégaso. Kiki, o pequeno aprendiz de Mu de Áries, explica que seu Mestre preparou as novas Armaduras dos Cavaleiros de Atena.
Seiya está pronto para comprar a briga contra Shido, mas a sábia deusa Atena impede que o combate siga. Atena alerta que se caso a luta continue, os dois guerreiros acabarão morrendo. Shido bate em retirada e retorna a Asgard, onde aguardará por Atena e seus Cavaleiros.
  • Em Asgard
Saori, acompanhada por Seiya, Shun e Hyoga, chegam na vila localizada entre as montanhas recobertas por neve, onde o Reino de Asgard começa a tomar novo rumo. Freya, irmã de Hilda, recebe a deusa Atena e seus cavaleiros. Ela pede a Saori que recupere a bondade de sua irmã.
Hilda e seus Guerreiros Deuses encontram Saori e seus Cavaleiros. Atena tenta negociar o reestabelecimento da paz, mas Hilda não quer conversar. Seus planos ficaram facilitados de serem feitos com a ida de Saori a Asgard.
Por ter parado de rezar por Asgard, o gelo que recobre o local começa a descongelar e a ameaça de inundação da Terra surge. Saori então resolve se sacrificar para salvar Asgard.
  • O Sacrifício de Saori
Saori apela para o sacrifício para tentar impedir que a catástrofe assole a Terra. A deusa se põe em pé sobre um rochedo e com seu poderoso cosmo, tenta impedir que o gelo e a neve se descongelem. Agora o desafio dos Cavaleiros de Atena será maior. Eles terão apenas um dia para vencer os Guerreiros Deuses e juntar as sete Safiras de Odin para assim destruir Hilda e salvar Saori, que poderá morrer caso Seiya, Shun e Hyoga não cumpram sua missão a tempo. Sem Ikki e sem Shiryu, que ainda está na China, os demais Cavaleiros partem atrás dos Guerreiros Deuses para poderem alcançar o palácio onde Hilda se encontra.
  • Thor e Seu Amor por Hilda
O Guerreiro Thor é o primeiro opositor dos Cavaleiros de Atena em direção ao palácio Valhalla. O defensor da líder de Asgard interrompe a caminhada dos três com seu poderoso martelo. Shun eHyoga caem, mas Seiya não desiste. O Cavaleiro de Pégaso fica minúsculo perto do gigantesco Thor.
A cada golpe de martelo, Seiya é atirado longe. Thor atinge Seiya com seu poderoso golpe Hércules Titânico, mas o Cavaleiro é salvo por Shiryu. Irado, Seiya concentra seu cosmo ao máximo e dispara seu Meteoro de Pégaso contra o gigantesco Guerreiro Deus.
O defensor de Hilda cai perante Seiya, que ganha a safira de Odin da Armadura de Thor e em seguida os quatro Cavaleiros se separam.
  • Fenrir e os Lobos do Norte
O Dragão Shiryu enfrenta o Cavaleiros Fenrir. Como de costume o combate envolvendo Dragão é sangrento. Durante a briga, uma triste história vem a tona. Fenrir, aos seis anos de idade,presenciou seus pais serem mortos por um enorme urso. Desesperado, pediu por socorro mas seus esforços foram em vão.
Na ocasião, muitas pessoas ouviram os gritos de socorro da criança mas todos negaram ajuda. Fenrir acabou salvo pelo lobo Guing e outros lobos. Desde então perdeu a confiança nas pessoas, sendo inclusive criado em meio aos lobos.
Shiryu tem seus olhos feridos e não está enxergando. Mesmo assim, o Cavaleiro de Dragão consegue evitar os golpes de Fenrir. O Cólero do Dragão colide com as Garras do Lobo Imortal. A única solução foi usar o Cólera do Dragão para destruir a cachoeira congelada soterrando Fenrir, que acaba morrendo. Os lobos atacam Shiryu, que cai com os lobos de um penhasco. Tristemente, Fenrir morre sem nem ao menos ter conhecido o amor.
  • Hagen e o Lamento no Gelo
Enquanto os defensores de Atena lutam com os Guerreiros Deuses, Kiki e Freya ficam resguardando Saori. Ao pressentirem que Hyoga havia se aproximado da caverna subterrânea de magma, onde Hagen havia treinado, Freya percebe que o combate entre os dois é inevitável.Desesperada, a irmã de Hilda parte para o campo de batalha.
Hagen de Merak desde criança foi amigo de Freya. Seu objetivo era treinar o máximo para ser o mais poderoso dos guardiões de Hilda e Freya. Porém, certa vez, Hagen viu Freya sair do palácio acompanhada de Hyoga e se mordeu de ciúmes. Mais tarde, quando Hilda foi enfeitiçada por uma força maligna e, consequentemente brigou com Freya, Hagen não teve dúvidas em atribuir a culpa do conflito, entre as irmãs, em Hyoga. Cheio de ódio, Hagen enfrenta Hyoga.
Freya chega ao local e tenta explicar o ocorrido, mas o Guerreiro Deus não dá ouvidos e até ameaça a vida de sua amada. Vendo a cena HYOGA enche seu coração de ódio por Hagen. O Cavaleiro de Cisne consegue evitar as grandes esferas de fogo do Guerreiro de Beta.
Usando a “Execução Aurora”, o Cavaleiro do Gelo vence Hagen. Freya chora porque gostava muito de Hagen. Hyoga vai embora, quando Kiki chega e leva Freya para se recuperar em uma cabana.
  • Mimi, Um Guerreiro Triste e Corajoso
Shun de Andrômeda chega para enfrentar Mime, mas sua Corrente de Andrômeda não detecta o perigo. Assim, o Cavaleiro de Atena fica imóvel, sendo uma presa fácil para Mime e sua harpa mortal.
Rapidamente, Shun cai perante as cordas mortais de Mime, o Guerreiro Deus protegido pela estrela Eta. Andrômeda já estava quase morto quando surge Fênix.
Ikki compra a briga de seu irmão mais novo. Fênix consegue evitar os golpes do Guerreiro Deus e aplica seu Golpe Fantasma. Ao receber o golpe de Ikki, Mime expõe seus verdadeiros sentimentos escondidos em seu coração. O Guerreiro de Hilda havia matado seu próprio pai e fugiu com medo de repreensões por parte de todos.
Folken, seu pai, sempre foi muito severo com Mime, querendo que seu filho se tornasse um guerreiro tão bom quanto ele próprio. Só que Mime não conseguia evocar seu cosmo, faltava-lhemotivação. Então, para levar o cosmo de Mime a explosão necessária, Folken contou toda a verdade: ele não era seu pai. Seus verdadeiros pais foram mortos. Temendo um castigo dos céus, Folken disse também que nunca amou Mime, que o criou apenas como um soldado. O ódio subiu à cabeça do menino e ele matou Folken.
Mesmo compreendendo a situação de Mime, Ikki o envia para o mundo dos mortos. O Guerreiro Deus vai ao encontro de Folken. Na realidade, Mime sempre quis alguém para amar e confiar mas tudo o que ele teve na vida foi o remorso pela morte de seu pai, que no fundo gostava dele. Ikki pede a Shun que siga em frente e depois desmaia.
  • Alberich e a Couraça da Ametista
Alberich é considerado por todos como o grande cérebro de Asgard. Em comparação com os demais Guerreiros Deuses, ele é diferente: na verdade ele luta contra os Cavaleiros de Atena por interesses próprios e não por Hilda. Alberich há muito tempo planeja tomar para si as Safiras de Odin, de modo a destronar Hilda e ele governar o planeta.
Marin, que acabava de chegar em Asgard, enfrenta Alberich mas acaba presa pelo golpe Escudo Ametista, disparado pelo Guerreiro Deus.
Seiya chega e se desespera ao ver sua mestra morrendo. Alberich conta a Seiya que se o Cavaleiro de Pégaso o matar, sua mestra também morrerá. O Guerreiro Deus traidor ataca Seiya com sua Espada de Fogo e prende o Cavaleiro de Pégaso na ametista também.
Cisne chega e Alberich o ataca com seu golpe Unidade da Natureza (um golpe que controla os espíritos da Mãe Natureza). Hyoga é chicoteado por galhos de árvores de um lado para o outro e acaba gravemente ferido. Quando o Guerreiro Deus disparava o Escudo Ametista para prender Hyoga, Shiryu chega e salva o Cisne com o Escudo do Dragão.
Alberich conta a Shiryu que há seis gerações atrás, seu antepassado Alberich décimo terceiro perdeu uma luta contra Dohko, o Mestre Ancião, há duzentos anos. Ele está decidido a mudar a história desta vez, eliminando Shiryu. O Guerreiro Deus usa a Unidade da Natureza com Dragão, que guiado telepaticamente pelo seu Mestre consegue neutralizar seu cosmo e se transformar em um elemento da natureza. O golpe do Guerreiro Deus se torna inútil.
O Guerreiro Deus de Delta conta para Shiryu que queria para si as Safiras de Odin e ter em suas mãos a Espada Balmung, e assim dominar Asgard. Para concentrar mais seu cosmo, Shiryu tira sua Armadura e dispara seu golpe por dentro do Escudo Ametista que o Guerreiro Deus havia lhe enviado. Alberich é vencido.
Seiya e Marin são libertados e Hyoga desperta. Seiya é avisado para ter cuidado com Shido e parte com Hyoga. Shun é o primeiro a chegar ao Palácio, acompanhado por Hyoga e Seiya. Os dois vão atrás de Hilda enquanto Shun fica para enfrentar o Guerreiro Deus Shido. Shina chega a Asgard e encontra Marin. Marin conta a Shina que o Guerreiro Shido de Mizar é muito perigoso, por possuir uma sombra, seu irmão gêmeo, Bado de Arkor, de quem nem o próprio Shido sabia da sua existência.
  • Shido e Bado, os Gêmeos do Destino
Marin manda Shina ir avisar os Cavaleiros antes que o pior aconteça. Com o primeiro golpe do Guerreiro de Mizar, Shun quase morre. Andrômeda retira a sua Armadura para poder lançar sua Tempestade Nebulosa contra Shido. Shun só não é morto por Bado graças a Shina, que chega a tempo para impedir que este atinja o Cavaleiro de Bronze.
Shun desconhecia o fato de Shido ser protegido pela estrela gêmea Zeta, o que explica o fato doGuerreiro de Mizar ter um irmão gêmeo, protegido pela mesma estrela. Surge então Bado de Alkor, o irmão gêmeo de Shido. Havia uma lenda em Asgard que dizia trazer má sorte e a desgraça da família o primeiro filho de uma família ter um irmão gêmeo, como foi o caso de Shido e Bado.
O pai, então, abandonou o segundo filho ao nascer. No caso, Bado foi abandonado em uma floresta com uma adaga de pedras preciosas idêntica a uma outra que foi dada a Shido. Bado foi criado por pais adotivos como uma criança normal até que um dia, quando caçava na floresta, encontrou com um garoto que ofereceu uma adaga (idêntica à dele) em troca do coelho que Bado caçava. Logo Bado entendeu tudo, inclusive que aquele garoto bem vestido e provavelmente rico, que pode se dar ao luxo de trocar uma adaga cara por um mísero coelho, era o culpado por sua vida pobre e sem seus pais. Bado sempre havia lutado nas sombras para ajudar seu irmão, mas agora a coisa era diferente: ele pretendia se vingar tirando dele sua vida e tomando seu lugar como Guerreiro Deus.
Mesmo assim, o combate tem continuidade. Aproveitando o momento, Bado fere Shun gravemente. Novamente Ikki vai ao auxílio de seu irmão. O Cavaleiro de Fênix ao se deparar com o inusitado drama familiar tenta persuadir Bado, uma vez que Ikki compreendia a dor em seu coração, devido a sua difícil infância.
Fênix não se mostra muito afim de papo. Shido ataca Ikki quando ele estava distraído. Debilitado, o Cavaleiro de Fênix está prestes a morrer. Shido chama Bado e o convida para juntos matar Ikki com suas garras. Nesse momento Bado se comove por ser aceito pelo irmão. Ao invés de liquidar Shun e Ikki, Bado de Alrkor pega seu irmão ferido e desiste da luta.
  • Sigfried, o Herói da Lenda Reviveu
Shiryu, Hyoga e Seiya chegam diante do último e mais poderoso dos Guerreiros Deuses: Siegfried. Hyoga é facilmente vencido pelo Guerreiro Deus e cai seriamente ferido.
Segundo a mitologia, Siegfried era um guerreiro muito poderoso que certa vez matou um dragão de duas cabeças. Banhado com o sangue do dragão, Siegfried se tornou imortal, com exceção deum lugar em suas costas, onde uma pequena folha seca, impedindo que aquele ponto fosse banhado pelo sangue da imortalidade.
Siegfried foi o maior guerreiro do mundo até o dia em que, enquanto bebia água na beira de um rio, um de seus inimigos enfiou uma espada no seu ponto vulnerável. Este Guerreiro Deus, como o Siegfried da mitologia, possui um ponto fraco, constata Shiryu. E esse ponto fraco se torna vulnerável por um segundo durante o golpe do Guerreiro. Shiryu, muito ferido pelo golpe de Siegfried, dá a dica a Seiya, que enfrenta desesperadamente o último Guerreiro Deus, tentando acertar seu ponto fraco. Chegam ao local Shun e Ikki e facilmente Shun vai ao chão. Ikki também é fortemente atingido pelo Guerreiro Deus, caindo também.
Dentro da sua sala no Palácio de Valhalla, Hilda ouve uma voz. Essa voz lhe diz que seu Mestre é responsável pelo Anel Nibelungo. Lá fora, estão todos caídos e Seiya já recebeu vária vezes o Vendaval do Dragão de Sigfried e ainda não conseguiu acertar o ponto fraco do Guerreiro Deus. É então que o dono da voz misteriosa surge.
O personagem misterioso é Sorento de Sirene, um General Marina enviado por Poseidon. Ele revela que Poseidon é o responsável pelo Anel Nibelungo ter se apossado de Hilda e que ele a estava usando para dominar o mundo.
Indignado com isso, Siegfried enfrenta Sorento. Sorento toca sua Sinfonia Final da Morte, uma música que é fatal. Siegfried fura seus tímpanos para parar de ouvir a sinfonia mortal, mas não tem jeito. Sorento explica que a música entra direto no cérebro e tapar os ouvidos não adianta. Siegfried então se sacrifia para matar o enviado de Poseidon. Os dois voam para o espaço!
  • Hilda, o Confronto Final
Seiya pega as sete Safiras e avança na direção da estátua de Odin, atrás do Palácio Valhalla. Hilda tenta impedi-lo, mas seus amigos ficam e enfrentam a vilã.
Diante da estátua de Odin, Seiya implora ao Deus de Asgard que o ajude, quando Hilda, com um golpe, atira Seiya em um penhasco.
Hilda seria a vencedora se o cosmo de Odin não tivesse enviado a Armadura Sagrada de Odin para Seiya. Pégaso, vestindo a Armadura de Odin e empunhando a Espada Balmung retira o poder do Anel Nibelungo de Hilda, que volta a ser uma boa pessoa novamente.
Muito debilitados, Seiya, Shiryu, Hyoga, Shun, Ikki, Marin, Shina e Hilda descem até o lugar onde está Saori, Kiki e Freya. Infelizmente eles não têm tempo para comemorar. Uma gigantesca onda cobre o rochedo onde Saori estava e ela desaparece.
A Saga de Asgard termina com Saori nos braços do Deus Poseidon!

Saga de Poseidon

  • A Reencanarção
Poseidon, o Senhor dos Mares, volta à vida encarnado no jovem Julian Solo. Ele era o deus marinho que controlava Hilda de Polaris através do anel Nibelungo. Com a derrota dos Guerreiros Deuses de Asgard, os planos de Poseidon se tornam notórios: a destruição do planeta. Não satisfeito com o fracasso de seus planos em Asgard, o deus dos sete mares leva SAORI para as profundezas do Mar Mediterrâneo, onde se localiza seu Santuário.
Lá explica a Athena o motivo do rapto: ele pretende inundar a Terra e torná-la seu domínio aquático, mas como ele a ama, a poupará. SAORI recusa essa salvação pela perdição da Terra, e oferece sua própria vida para salvar o mundo. Poseidon a prende assim no Pilar Principal, um enorme pilar que sustenta o reino de Poseidon. Esse pilar será preenchido com a água com a qual ele pretendia inundar a Terra. Para Athena só resta a fé que tem em seus Cavaleiros. Hilda e Flair mostram para SEIYA e SHUN a entrada para o Santuário de Poseidon. Recepcionados pela sereia Tetis, o General Marinho Kanon e os defensores de Athena ficam sabendo do cárcere de SAORI. Menosprezando os poderes dos Cavaleiros de Bronze, o Dragão Marinho conta que a única forma de salvar a deusa é vencendo os Sete Generais Marinhos e destruindo seus respectivos pilares.
SEIYA e SHUN não perdem tempo e partem. Cada um segue em uma direção, Pégasus segue para o Pilar do Pacífico Norte e Andrômeda para o Pacífico Sul.
  • Pégaso versus Cavalo Marinho
Dian, o General guardião do Pilar do Pacífico Norte é o primeiro oponente de SEIYA. O Cavaleiro de Pégasus não perde tempo e parte para o combate. Por incrível que pareça, nem os Meteoros nem o Cometa de Pégasus fazem efeito em Dian. Ele explica que sua Armadura é feita de escamas impenetráveis, que protegem seu corpo.
O General do Pacífico Norte contra-ataca e arremessa longe o Cavaleiro de Athena com seus poderosos ventos. Enquanto isso, SHIRYU e Kiki também descem às profundezas do Oceano. Chegando ao templo de Poseidon, encontram Tetis. SHIRYU segue adiante enquanto Kiki fica para enfrentar a sereia. A coisa já estava ficando preta quando Shina surge, trazendo consigo a Armadura de Libra. A Amazona de Cobra compra a briga com Tetis e manda Kiki levar a Armadura dourada para SEIYA. No Pilar do Pacífico Norte, Dian continua levando vantagem sobre SEIYA. Não havia mais tempo a perder. SEIYA concentra seu cosmo e junto com o sangue dos Cavaleiros de Ouro, que fez reviver as Armaduras de Bronze, transformam a de Pégasus numa Armadura de Ouro. O Cavaleiro invoca sua constelação e bombardeia seu inimigo com uma chuva de Cometas. Dian é derrotado, resta destruir o pilar. SEIYA, já acompanhado por SHIRYU e HYOGA, aplica vários Meteoros de Pégasus, mas eles não fazem um arranhão no pilar. Kiki chega com a Armadura de Libra enviada pelo Mestre Ancião, para que um dos seis pares de armas possa destruir o pilar.
A própria Armadura fornece a SEIYA o Escudo de Libra, que o Cavaleiro arremessa contra o pilar, fazendo-o desmoronar. Os três Cavaleiros se separam. O tempo é curto, Athena tem que ser resgatada antes que o Pilar Principal se encha de água.
  • Scylla a Besta
SHUN chega até o Pilar do Oceano Pacífico Sul, guardado por Io de Scilla. Como de costume, o Cavaleiro de Andrômeda tenta evitar o combate, mas o General de Poseidon pretende liquidar SHUN. Io ataca com suas seis bestas: Ferrão da Abelha Rainha, Ataque Vampiro, Urso Infernal, Águia Poderosa, Serpente Assassina e Fúria do Lobo. Logo SHUN foi ao chão. Andrômeda se levanta e diz que agora que conhece os golpes de seu adversário, sua corrente faria a defesa apropriada.
Assim, a cada ataque das bestas, a Corrente de Andrômeda se transforma, anulando o golpe de Io. SHUN prende o General Marinho com sua Corrente, se volta para o pilar e tenta destruí-lo com a outra extremidade da Corrente, mas de nada adianta. Io se liberta e volta a atacar agora com seu Tornado Violento.
SHUN, por sua vez, concentra seu cosmo fundindo-o com o sangue dos Cavaleiros de Ouro, transformando sua Armadura de Bronze em Ouro. Finalmente Io cai vencido mas não morto, pelas Correntes de Andrômeda.
Kiki chega com a Armadura de Libra. SHUN utiliza a Barra Dupla de Libra, ao mesmo tempo que Io tenta impedi-lo. Conclusão: o pilar foi destruído e o General morto.
  • Lança de Chrysaor versus o Escudo do Dragão
O General Krishina é o protetor do Pilar do Oceano Índico e possui a poderosa lança de Kresador para enfrentar os inimigos. É com ela que ele ataca SHIRYU. A princípio o Cavaleiro consegue evitar o golpe com seu Escudo do Dragão, mas ele não resiste muito tempo. SHIRYU percebe que para vencer Krishina terá que quebrar a sua poderosa lança dourada.
Sua primeira tentativa falha. Dragão escuta a voz de Shura de Capricórnio lhe explicando que, antes de morrer, havia passado para o braço direito de SHIRYU o poder da espada Excalibur. Mas para poder usá-la deveria igualar seu cosmo ao de um Cavaleiro de Ouro. Dragão invoca seu cosmo mais poderoso e como ocorrera com SEIYA e SHUN, sua Armadura se torna de Ouro. SHIRYU ataca, mas não consegue quebrar a lança de Kresador. O Cavaleiro de Atena tira sua Armadura para que possa se concentrar ainda mais para usar os poderes dados por Shura. Agora sim, SHIRYU dispara a “EXCALIBUR” e quebra a lança de Krishina.
Sem sua poderosa arma, o General invoca seus conhecimentos secretos. Com seu Shakra cria uma barreira invisível que bloqueia os golpes de SHIRYU. Krishina conta que só pode ser vencido se os sete pontos vitais de seu Shakra protetor forem atingidos. Enquanto o Defensor de Atena tenta em vão atingir seu adversário, Krishina contra-ataca com seu “MAHA ROSHINI”. SHIRYU pede a Athena que o ajude. Krishina aplica seu poderoso golpe e deixa Dragão parcialmente cego. Mesmo sem visão, SHIRYU, com o auxilio de sua Deusa protetora, enxerga os sete pontos vitais de Krishina e os ataca com o poder da “EXCALIBUR”, que finalmente dá cabo no impiedoso General Marinho.
Kiki entra em cena com a Armadura de Libra e SHIRYU com a Espada de Libra põe abaixo o Pilar do Oceano Índico. SEIYA, HYOGA e SHUN se dirigem para o Pilar do Atlântico Sul. SHIRYU permanece desmaiado junto aos escombros do Pilar do Oceano Índico, devido aos ferimentos sofridos na luta contra o General de Kresador.
  • Kasa de Lymnades o Malvado
SEIYA encontra-se com Marin no caminho para enfrentar o guardião do Pilar do Oceano Atlântico Sul. A Amazona de Águia guia seu pupilo através do reino de Poseidon. O Cavaleiro de Pégasus segue a garota sem alcançá-la. Finalmente Marin pára, vira-se para SEIYA e tira sua máscara, revelando ser Seika. A emoção toma conta do Cavaleiro de Bronze que cai golpeado pelas costas. HYOGA também chega até o Pilar do Oceano Atlântico Sul e, para sua surpresa, encontra seu Mestre, Kamus de Aquário, à sua espera.
O Cavaleiro de Cisne só acredita que Kamus está vivo quando recebe o golpe “EXECUÇÃO AURORA”. HYOGA chora de felicidade por reencontrar seu Mestre vivo, mas, estranhamente, Kamus golpeia Cisne que vai ao chão desmaiado.
É a vez de SHUN chegar junto ao Pilar do Atlântico Sul e se deparar com SEIYA e HYOGA inconscientes. Do nada surge IKKI, decidido a matar seu irmão. Logo, toda a verdade vem à tona. O General Kasa de Ryumunedes tem a capacidade de se disfarçar no que se quiser. Transformou-se em Marin e Kamus e também tentou enganar SHUN, tomando a forma de IKKI.
O Cavaleiro de Andrômeda fica revoltado com a técnica covarde usada por Kasa e parte direto para a briga. O General Marinho transforma-se novamente em IKKI. SHUN sabe que deve atacá-lo de qualquer forma, mas não consegue. Kasa não pede a oportunidade e ataca com a sua “SALAMANDRA SATÂNICA”, abatendo seu oponente. É hora de IKKI de Fênix entrar em ação. O Cavaleiro chega aplicando o seu “GOLPE FANTASMA” direto no cérebro de Kasa, fechando com seu poderoso “AVE FÊNIX”. Mesmo sangrando muito, o General Marinho não desiste e tenta uma última jogada. Transforma-se em SHUN para evitar que IKKI o ataque. mas o Cavaleiro de Fênix parece ser desprovido de sentimentos. Ignorando a ilusão, IKKI vara o coração de Kasa, mesmo este estando com a imagem de seu irmão. Já com o pé na cova, o General de Ryumunedes encontra o único fiapo de sentimento no coração de IKKI, que é seu amor por Esmeralda. Mas Kasa não tem mais forças para usar sua descoberta e falece.
Kiki chega com a Armadura de Libra. IKKI usa o Tridente de Libra para colocar abaixo o Pilar do Atlântico Sul. O tempo de Athena está se esgotando. O Cavaleiro de Fênix segue seu caminho deixando para trás seus companheiros desmaiados.
  • Discípulos de Camus
SEIYA e SHUN continuam inconscientes, mas HYOGA recobra os sentidos e parte em direção ao Pilar do Oceano Ártico. HYOGA chega lá e, para a surpresa de todos, reencontra Isaak, seu antigo colega de treinamento, agora um dos Generais de Poseidon. Na realidade, Isaak havia chegado na Sibéria um ano antes de HYOGA para treinar com o Mestre Cristal.
Seu sonho era se transformar num Cavaleiro de Athena para proteger o mundo do mal. Os dois amigos cresceram e treinaram juntos. Certo dia, HYOGA revelou que também treinava para ser um Cavaleiro, com o objetivo de alcançar o nau de sua mãe no fundo do mar. Isaak se revoltou, não compreendendo direito os sentimentos do seu companheiro. Após cinco anos de treinamento, HYOGA achou que já reunia poderes suficientes para chegar até a embarcação de sua mãe. Mergulhou, mas foi surpreendido pelas correntezas do mar. Isaak foi socorrer o amigo e acabou com um olho furado por um pedaço de gelo. Depois de salvar HYOGA, Isaak acabou sendo tragado para as profundezas do oceano. Isaak foi salvo milagrosamente e se transformou no General de Kraken. Agora, no reencontro com seu antigo colega, sua primeira atitude é furar seu olho como vingança por tudo o que aconteceu no passado. Imóvel e com seu olho sangrando muito, HYOGA é atacado pelo “AURORA BOREAL” do General do Oceano Ártico. O Cavaleiro de Cisne reluta muito para contra-atacar, preferindo tentar convencer seu oponente a lutarem juntos contra os planos de Poseidon.
Mas de nada adianta e Isaak manda outro “AURORA BOREAL” contra HYOGA. Kiki chega ao local crente que vai encontrar o general vencido por HYOGA, mas a cena que o aprendiz de Mu vê é exatamente o contrário disso: o Cavaleiro de Cisne caído no chão sem esboçar nenhuma reação. Isaak se aproveita do momento e tenta tomar a Armadura de Libra das mãos de Kiki, que já está apanhando de novo. Neste momento HYOGA se levanta e parte novamente para a briga, já atacando o adversário com seu “PÓ DE DIAMANTE”. Na seqüência, Isaak tem seu golpe repelido pelo Cavaleiro de Bronze, que agora se vê guardado pelos espíritos de Kamus e também de Cristal.
HYOGA invoca seu sétimo sentido que, junto com o sangue dos Cavaleiros de Ouro, faz com que sua Armadura se torne dourada e, num único disparo do “EXECUÇÃO AURORA”, coloca um fim no combate.
Antes de morrer, Isaak revela que quem planejou aqueles eventos não foi Poseidon, mas sim… HYOGA se desespera, não acreditando no que ouve. Antes de partir, HYOGA derruba o Pilar do Ártico com o Bastão de Libra. Logo depois, o Cavaleiro de Cisne segue rumo ao combate final contra Poseidon.
  • Fênix contra o Dragão Marinho
Ao chegar nas proximidades do Atlântico Norte, Fênix sente um cosmo maligno conhecido. seria o cosmo de Saga de Gêmeos? Não, na verdade aquela energia pertence a Kanon, o General Dragão Marinho, qual já chegou disparando o seu “EXPLOSÃO GALÁCTICA”. (Ei! mas esse não é um dos golpes do Saga?!) Logo tudo se esclarece: Kanon é o irmão gêmeo de Saga. O Dragão Marinho conta que não vive dividido entre o bem e o mal como seu irmão, ele só possui o lado ruim, e quer a qualquer custo governar sozinho todo o planeta. Kanon deixa a conversa para depois e avisa IKKI que o mandará para outra dimensão, mas não com o conhecido golpe de Gêmeos, “OUTRA DIMENSÃO”, mas sim com o não menos mortífero “TRIÂNGULO DOURADO”. Assim o Cavaleiro de Bronze é enviado para o triângulo diabólico do Atlântico Norte, de onde não pode reviver como a ave mitológica Fênix.
Enquanto isso, Shina vence Tetis e parte diretamente para o Templo de Poseidon. Lá chegando, tenta atacar o Senhor dos Mares, mas é facilmente paralisada e fortemente golpeada. A Amazona vai ao chão gritando por SEIYA e em seguida desmaia.
  • Shun versus Sorento de Sirene
No Pilar do Atlântico Norte, Sorento decide fazer uma visita ao Dragão Marinho. O General de Sirene pergunta de cara se não seria Kanon o verdadeiro culpado por toda essa balbúrdia que ocorria nos domínios de Poseidon. Irritado, o General de Dragão Marinho ameaça Sorento. O combate entre os dois só não ocorre porque o guardião do Antártico fica sabendo que SHUN se aproxima de seu pilar. O tempo de Athena está se esgotando. Dessa vez é SHUN que não quer conversa e, ao avistar Sorento, já parte para a luta. Ao contrário do que poderíamos imaginar, Sorento tenta impedir a briga, mas o Cavaleiro de Andrômeda não dá ouvidos e ataca com suas Correntes. O General de Poseidon impede a investida de seu adversário com sua flauta e contra-ataca com a “SINFONIA FINAL DA MORTE”.
SHUN está prestes a sucumbir quando SEIYA desperta e mesmo estando muito ferido consegue entrar no palácio de Poseidon, onde encontra Shina desmaiada. O Cavaleiro de Pégasus não perde tempo e ataca o Senhor dos mares com seus Meteoros. Para o desespero do Cavaleiro de Bronze, seus golpes se voltam contra ele. Poseidon explica que ele é um deus, e jamais poderia ser atingido por um Cavaleiro de Bronze. SEIYA concentra seu cosmo, fazendo sua Armadura ficar dourada, mas de nada adianta. O líder dos Generais Marinhos destrói a Armadura de Pégasus com sua enorme força. SEIYA está à mercê de Poseidon, que não pára de atacá-lo. SHIRYU intervem protegendo seu amigo da morte certa com seu Escudo do Dragão, e em seguida tenta atacar o deus Marinho, mas de nada adianta. HYOGA também chega ao palácio, já com seu “PÓ DE DIAMANTE” engatilhado.
Mas Poseidon é mais rápido e ataca o Cavaleiro de Cisne. Novamente SHIRYU bloqueia o golpe de seu inimigo. Dessa vez Poseidon não dá trégua e intensifica sua energia a ponto de estilhaçar as Armaduras de Dragão e de Cisne, deixando os dois Cavaleiros nocauteados. Enquanto isso, SHUN tem sua Armadura destruída pela música de Sorento. O Cavaleiro de Andrômeda se rebela e solta o seu cosmo. Primeiro paralisa o General de Sirene com seu “VAPOR NEBULOSO” e depois ataca com sua “TEMPESTADE NEBULOSA”. Finalmente Sorento é derrotado.
Kanon já sonhava com o governo da Terra quando, como num pesadelo, IKKI volta do inferno dimensional. O General, boquiaberto, tenta deter o Cavaleiro de Fênix com seu “EXPLOSÃO GALÁCTICA”. IKKI repele o golpe de seu inimigo e contra-ataca com seu “GOLPE FANTASMA”. Atingido em seu cérebro, o Dragão Marinho deixa que toda a verdade de seus maléficos planos aflorem. Kanon se recorda de quando tentou persuadir Saga a dominarem o mundo juntos, o que fez com que fosse castigado por seu irmão gêmeo, sendo deixado numa prisão abaixo do nível do mar para morrer. Infelizmente, os deuses quiseram que ele encontrasse a passagem para uma sala onde o espírito de Poseidon estava encerrado em um jarro lacrado por Athena. Livre, o Deus dos Mares jurou vingança contra a deusa e reencarnou no pequeno Julian Solo. SAORI e Julian cresciam, enquanto Kanon arquitetava seus planos: destruir os dois deuses para poder controlar os mares e a Terra sozinho.
  • Todos os Cavaleiros contra Poseidon, o Deus do Mar
SEIYA continua apanhando feio quando o espírito de Aiolos envia a Armadura de Sagitário em seu socorro. Agora protegido pela poderosa Armadura de Ouro, o Cavaleiro de Pégasus volta a confrontar Poseidon, que continua rebatendo todos os Cometas e Meteoros aplicados por SEIYA.
Parecia não existir outra maneira de derrotar o Deus dos Mares, a não ser usar o arco e a flecha de Sagitário. SEIYA atira a flecha da justiça, mas ela roda 360 graus e atinge o próprio Cavaleiro de Pégasus.
O defensor de Athena não desiste. Arranca a flecha de seu peito e atira novamente. Como da primeira vez, ela retorna contra SEIYA, mas Shina se põe entre seu amado e a flecha, sendo atingida. A Amazona retira a flecha e a entrega a SEIYA. SEIYA ataca mais uma vez Poseidon, que retruca a flecha contra o Cavaleiro de Bronze. Agora é SHIRYU que impede que seu amigo seja atingido, recebendo a flechada em seu lugar. SHUN chega ao local e se une a HYOGA e SHIRYU. Os três Cavaleiros se tornam escudos humanos, protegendo SEIYA. para resgatar SAORI.
Assim ele consegue atacar Poseidon quantas vezes for necessário. Com seus cosmos unidos, SEIYA consegue atingir o Senhor dos Generais Marinhos. Aproveitando que Poseidon está desnorteado, os Cavaleiros correm.
Assim ele consegue atacar Poseidon quantas vezes for necessário. Com seus cosmos unidos, SEIYA consegue atingir o Senhor dos Generais Marinhos. Aproveitando que Poseidon está desnorteado, os Cavaleiros correm Enquanto isso, junto ao Pilar Atlântico Norte, Sorento aparece vivo e tem a confirmação dos planos de Kanon. O General de Sirene se revolta contra o Dragão Marinho permitindo que IKKI destrua o pilar com o Escudo de Libra levado por Kiki. IKKI parte então para ajudar seus amigos.
Os Cavaleiros de Bronze não estavam conseguindo quebrar o pilar central. Poseidon recobra os sentidos, e volta a atacar os Defensores de Athena furiosamente com seu tridente. HYOGA se põe na frente para que SEIYA não seja atingido. O espírito de Kamus de Aquário mais uma vez intercede e protege seu pupilo com sua Armadura de Ouro. O Cavaleiro de Cisne lança seu “EXECUÇÃO AURORA” contra a onda de energia emanada do tridente de Poseidon. Antes que o pior aconteça, SHIRYU protege seu companheiro com o Escudo de Libra, para logo depois vestir a Armadura pertencente ao seu Mestre Ancião. SEIYA, SHIRYU e HYOGA unem mais uma vez os seus cosmos e aplicam, numa só rajada, o “METEORO DE PÉGASUS”, o CÓLERA DO DRAGÃO” e o “EXECUÇÃO AURORA”. Poseidon vai ao chão meio desacordado. Por incrível que pareça, SHIRYU usa todas as armas de Libra e nenhuma delas faz sequer um arranhão no grande pilar.
Para complicar ainda mais, Poseidon acorda mais irado do que nunca. O Deus dos Mares se prepara para atacar quando o Cavaleiro de Fênix aparece e o agarra, ajudado por seu irmão. Os dois impedem uma nova investida do perverso deus. SHIRYU, HYOGA, SHUN e IKKI fundem seus cosmos ao de SEIYA. Juntos, os cosmos se transformam num poderoso raio de energia, atirado contra o gigantesco pilar.
O pilar vem abaixo e dos escombros surge SEIYA carregando SAORI no colo. Mas se vocês pensaram que esse é o final, se enganaram, pois Poseidon está vivinho e espumando de raiva. Athena desperta. Poseidon tenta matá-la com seu tridente, mas SEIYA impede que SAORI seja atingida.
O deus maligno tenta tirar a vida de Athena mais uma vez com seu tridente, mas a deusa está protegida pelos cosmos de Pégasus, Cisne, Dragão, Fênix e Andrômeda. Seu golpe se volta contra ele, assim o espírito de Poseidon deixa o corpo de Julian Solo e é preso no jarro de onde fora libertado por Kanon. O deus maligno tenta tirar a vida de Athena mais uma vez com seu tridente, mas a deusa está protegida pelos cosmos de Pégasus, Cisne, Dragão, Fênix e Andrômeda. Seu golpe se volta contra ele, assim o espírito de Poseidon deixa o corpo de Julian Solo e é preso no jarro de onde fora libertado por Kanon.

Saga de Hades

  • Saga do Santuário
Após a batalha com Poseidon, os cavaleiros estão no Santuário, quando a casa de Áries é invadida por guerreiros de Hades. Porém os chefes do bando são bem conhecidos: Shura, Camus e Saga. Eles informam que sua missão é matar Athena em 12 horas. Agora esses cavaleiros seguem Hades. Os cavaleiros de ouro precisam agir. O relógio de fogo se acende mais uma vez.
Seiya aparece na primeira casa zodiacal, mas Mu o impede de lutar: essa é a missão dos cavaleiros de ouro, que mais do que nunca, agora devem mostrar seu valor. A batalha derradeira se aproxima. Mu lutará pela primeira vez, quando reconhece um dos espectros: seu mestre, Shion, antigo mestre do Santuário. Nesse momento suge o Mestre Ancião, que junta seu poder e adquire sua forma jovial: Dohko, como há 261 anos atrás, quando ele e Shion derrotaram Hades.
Shion segura seu pupilo e os cavaleiros de ouro negros seguem em frente. No castelo de Hades, Radamanthys observa todos os movimentos. Na casa de Touro, Aldebaran está morto. Mu encontra Niobe e trava com ele uma batalha fantástica e sai vencedor. Na casa de Gêmeos, direto da sala do Mestre, Kanon, controla a armadura. Saga se confronta com Gêmeos. Na sala do mestre, Millo ataca Kanon, que mesmo a beira da morte, jura ser fiel a Athena. Millo salva Kanon: era a prova de um verdadeiro cavaleiro.
Na casa de Câncer, Shaka tenta deter os Espectros com uma ilusão, mas eles avançam.Porém Shaka não permite isso e extermina os três cavaleiros de ouro. Na casa de Câncer, Mu enfrenta Papillon e o vence. Na casa de Leão, Aiolia derrota a maior parte dos espectros, mas desconfiado deixa alguns deles passarem.. Na casa de Virgem, os três espectros são desmascarados: são Saga, Shura e Camus. Saga está sedento para completar a missão e decide acabar com Shaka usando a técnica proibida, o sopro de Athena. Esse golpe destrói tudo a sua volta, mas Shaka continua vivo. Shaka tira os sentidos dos cavaleiros negros e depois enfeita seu túmulo para sua própria morte.Aiolia, Mu e Millo chegam a casa de Virgem e juntos executam o sopro de Athena que colide diretamente com o sopro de Athena de Camus, Saga e Shura.
O seis cavaleiros estão vivos e com o caminho livre, se dirigem para a Sala do Mestre. Lá eles encontram Athena, que mostra a Saga a adaga com que ele tentou matá-la a 13 anos atrás. E com essa faca, Athena se mata: a missão dos cavaleiros de ouro negros está cumprida e voltam para o Castelo de Hades. O sangue puro da deusa revive a armadura de Athena e Kanon diz que Athena fez isso de propósito, assim como Shaka, para irem ao mundo de Hades.
Kanon diz que os cavaleiros devem ir para lá e assim Seiya, Shiryu, Hyoga e Shun banham suas armaduras no sangue de Athena e suas armaduras atingem o nível mais elevado. Para chegarem ao mundo de Hades, os cavaleiros precisam do 8º sentido, estágio máximo de um cavaleiro e assim chegam ao mundo de Hades. Hades faz um eclipse que cobrirá a Terra e a embeberá na escuridão por toda a eternidade, por isso Athena foi ao mundo de Hades.
  • Saga do Inferno
Divididos, os cavaleiros passam por várias prisões, 8 no total. Os cavaleiros passam por elas até que Shun é visto por um dos Espectros que o reconhece. Shun é conduzido ao templo de Hades e lá é recebido por Pandora: Shun é Hades, que escolheu seu corpo puro para reencarnar. Na verdade Shun era irmão de Pandora e agora encarnará o rei Hades. Shun sofre uma transformação: agora é Hades. Depois de derrotar todos os espectros, Lune, Orphee, Gorgon, Sphinx, Golem, Phlegyas, Garuda, Valentine, estão mortos. Restam apenas Radamanthys, Minos e Aiacos, os três Kyotos, os mais poderosos guerreiros de Hades.Ikki derrota Aiacos, Kanon se sacrifica para vencer Radamanthys. Shun resiste a Hades e pede para Ikki matá-lo. Ikki executa a tarefa, mas pára no último instante e Hades sobrevive, mas Shun resiste contra ele e consegue expulsá-lo. O espírito de Hades vai até Elysios, local onde Athena será sacrificada.
  • Saga dos Elíseos
Os cavaleiros precisam seguí-lo, mas há um muro que divide os dois mundos. Os 12 cavaleiros de ouro revivem e aparecem e se reúnem com suas armaduras: formam um círculo e geram um golpe que destói seus corpos , matando-os para sempre e destruindo o muro. Minos morre ao tentar atravessar o muro. Com o auxílio das armaduras banhadas pelo sangue de Athena os 4 cavaleiros chegam a Elíseo. Thanatos e Hypnos são os dois deuses que guardam o lugar.Os seus poderes se aproximam de Hades e facilmente eles acabam com os cavaleiros. Poseidon conduz as armaduras de ouro para Elíseos e mesmo assim elas são destruídas por Thanatos e Hypnos.
Então cada cavaleiro recebe, inclusive Ikki, que foi salvo por Pandora e conduzido para Elíseos as armaduras dos deuses: as armadura que apenas um deus tem a honra de vestir. Com essa armadura e o apoio de Seika, que está no Santuário, Seiya derrota Thanatos. Os cavaleiros derrotam Hypnos. Seiya chega ao templo de Hades e com a ajuda de seus amigos consegue tirar Athena da ânfora. Hades recobra seu verdadeiro corpo que estava em Elíseos e Athena, com sua armadura se prepara para o Confronto Final. Os cavaleiros usam todos seus poderes para defender Athena, que diz a Hades que isso é obra do amor, que o mais poderoso que qualquer deus.
Hades arremessa sua espada contra Athena, mas Seiya a salva, morrendo por ela: é o amor de Seiya por Saori. Shun, Ikki, Hyoga e Shiryu unem-se a Athena que dispara seu cetro contra Hades e o mata. Finalmente os cavaleiros venceram Hades. O grande eclipse acaba e o mundo desfuta da paz. O Inferno e Elíseos se destroem, matando Athena e seus corajosos Cavaleiros, que serão conduzidos para o mundo da Luz, recebendo as glórias eternas da vitória.

Até mais,pessoal!
Cloth Myth

Cavaleiros do Bronze