Olá amigos, aqui nós contamos histórias que não ficaram muito claras,hitórias e curiosidades que você pode não ter percebido,então leiam e aproveitem            (Nicolas)


Ikki e Shaka

É história de quando Ikki, na Ilha da Rainha da Morte, desafiou os Cavaleiros Negros e Jango pela posse da Armadura de Bronze de Fênix. No final da história, surge Shaka, um Cavaleiro de Ouro, que havia ido até a Ilha para exterminar os Cavaleiros Negros. Como Ikki já tinha feito todo o serviço, Shaka resolve então mostra para Ikki que sempre existem Cavaleiros mais fortes do que eles no mundo. Em seguida, o Cavaleiro de Ouro apaga a memória de Ikki, fazendo com que ele só se lembre do encontro deles quando, no futuro, eles se encontrarem. Shaka vai embora e os Cavaleiros Negros se ajoelham perante Ikki, que se torna o mestre deles. Ikki resolve partir para a Guerra Galáctica, para roubar a Armadura de Ouro de Sagitário!

Shura e Aiolos


Introdução
Shura é o Cavaleiro de Ouro de Capricórnio. Querendo engrandecer seu cosmo, ele foi para as montanhas espanholas para treinar, finalmente retornou ao santuário. Quando ele se reúne ao seu amigo mais próximo, a quem Shura considera como um irmão, Aiolos, e após visitar o Mestre, ele encontra o misterioso Saga, Cavaleiro de Gêmeos. Ao encontrá-lo, ele sente um estranho cosmo de algum lugar, que faz Shura se sentir um pouco nervoso. Naquela noite, um cavaleiro desconhecido, o qual tem o mesmo estranho cosmo, repentinamente veio e atacou o Mestre… Aiolos de Sagitário, e considerado como o cavaleiro de ouro mais poderoso de toda história, nesse tempo, pelo fato de derrota Tifon, uma criatura mitológica que nem o poderoso Zeus, deus dos deuses derroto. Aiolos, também derrota o grande Deus Rá, é todo seu exercito inteiro, considerado por todos como uma lenda entre os cavaleiros. Saga de Gêmeos, junto de Aiolos, e considerado também como o mais poderoso, dito por muitos como um Deus, vivo entre os homens, Saga derrota bravamente em apenas em poucos minutos, antes de voltar a forma maligna o pai dos 3 poderosos deuses, Cronos pai de Zeus, Hades e Poseidon.
Capítulo I: Reencontro
Isso aconteceu no ano em que Atena nasceu. O verão grego, tem essa chuva fina. Se em um mês chover três dias, choveu muito. Num lugar distante nas montanhas de actínias esta o local onde o santuário está construído, lá é muito seco também, o vento agita o barro, logo ha muita poeira. Na cidade, vêm muitos turistas, superlotado. Desde tempos Mitológicos tem sido assim, a cidade tem atraído muitas pessoas, procurando encontrar esse lugar misterioso. Em poucos anos, um repórter tentaria encontrar esse local místico, chamado santuário, contudo ele retorna sem encontra nada. A verdade é que o Mestre que previne pessoas de invadirem o santuário, criou alguns poucos campos de força ao redor do santuário.
Alguns turistas que tentaram perambular perto do campo de força, não conseguiram continuar. Se o fizerem, eles são presos. Quando esquecem o incidente, eles são levados e devolvidos. Claro, isso tudo é possível, por causa do poderoso cosmo do Mestre, aquele que põe os campos de força, aquele que isola o santuário.
Esse lugar misterioso gera um arco-íris, o qual as pessoas comuns chamam de “arco-íris dos Deuses”. De tempos mitológicos, apesar dos pensamento que as pessoas tinham sobre o santuário ser um lugar divino, eles ainda tem bons sentimentos em relação a ele.
Um jovem como o vento, entrara no santuário facilmente. Sob o Sol brilhante, o vento agita o cabelo do jovem, como se este estivesse vivo. Seus olhos não parecem demonstrar sua real idade. Apenas por olhar suas vestimentas, ele não pode ser nada mais que um Cavaleiro.
  • “Minha antiga casa, o santuário…. não mudou nada.”
O jovem vê no centro do santuário o Relógio de Fogo. O relógio de Fogo está em frente aos 12 templos, onde Cavaleiros de Ouro estão supostamente para proteger cada uma. É conhecido que os 12 Templos, tem também uma correlação com cada uma das constelações dos Cavaleiros de Ouro. “O Décimo Templo é Capricórnio.” Diz o jovem lembrando do passado. Então o jovem volta sua atenção para ver o Mestre e a Estátua de Atena. (Atena já nasceu?)
Pensando nesse importante fato, ele olha fixamente para frente. Quando ele era apenas um aprendiz esse é o local onde ele deu seu suor e sangue, esse é o Campo de Treinamento e ao lado deste o Campo de Luta. O lugar onde Seiya e Cássius lutaram. O jovem anda até o Campo de Luta. 2 anos antes, esse foi o local onde ele conseguiu se qualificar como um Cavaleiro e provar que merecia a vestimenta, lutando contra o ultimo aprendiz. Ele lembra de tudo isso perfeitamente.
O jovem foi o vencedor. Quando se lembra de como venceu, sente-se animado. (Naquela época tive sorte… mas se fosse agora, eu venceria com minha força.) Sua confidencia não é falsa. Nesses dois anos, esse jovem tem treinado nas montanhas da Espanha. Ele começou a acreditar em si. O jovem respira fundo e prende o ar. Ele se concentra e fecha os olhos. Ele libera o ar. De todo o seu corpo emana o seu cosmo, cosmo emanando rápido como cubos de gelo derretendo na água, como cavalos saindo da cerca numa corrida. Todo o cosmo emanou numa descida rápida.
Os olhos do jovem abrem lentamente. Ele decide que seu alvo será o topo da montanha atrás da Estatua de Atena. Ela deve estar a pelo menos 3000 metros de altura.
  • Shura: “Oah….!”
Em um instante ele direciona seu braço direito para o topo da montanha. O poder do vento corta o ar. Ele faz um som, voando à velocidade da luz. O poder não diminui. Ele finalmente acerta a casa do Mestre em Star Hill. Pode-se ver fumaça subindo. O jovem após ver isso tem um mau pressentimento. Repentinamente, atrás dele está um poderoso cosmo. ( Hum, esse cosmo é…) Ele volta-se com um sorriso no rosto. é Aiolos, o Cavaleiro de Sagitário, sorrindo com afeição e amor.
  • Shura: “Aiolos!”
  • Aiolos: “Shura, quando você voltou?”
O jovem chamado Shura não responde e abraça Aiolos. Aiolos o abraça de volta e diz ternamente:
  • Aiolos: “Shura, você aumentou o seu nível de cosmo, não?”
  • Shura: “Não posso comparar com o seu Aiolos.”
  • Aiolos: “Não, ele pode ser o mesmo ou tão poderoso quanto o meu.”
  • Shura: “Oh… o mesmo que o seu…”
Shura finalmente revela sua idade rindo.
  • Aiolos: “Nos 12 Templos, o décimo templo, protegendo o Templo de capricórnio, o Cavaleiro de Ouro de capricórnio, Shura, finalmente retornou para casa. Parabéns Shura!”
Aiolos estende a mão.
  • Shura: “Obrigado Aiolos.”
Shura segurando a mão de Aiolos em gratidão. Aiolos sente a mão de Shura diferente. Graças a seu treinamento pesado, as mãos de Shura são como de ferro. (O que…. essa mão! não pode ser treinado a esse nível… Excelente, Shura…)
  • Shura: “Aiolos, o que?”
Isso acorda Aiolos do seu sonho.
  • Aiolos: “Shura, o Templo de capricórnio está perfeito agora!!”
  • Shura: “Aiolos!!”
Aiolos olha para Shura como se fosse seu irmão mais velho e acena com a cabeça.
Shura pensa (Ter escutado Aiolos dizer isso me faz feliz. Eu sempre vi Aiolos como meu objetivo. não importa quanta dor, eu aceitei resistir).
  • Aiolos: “Shura, agora eu esqueci completamente que você é 4 anos mais novo que eu. Vamos, vamos visitar o Mestre. A noite teremos uma longa conversa. Shura sorri. Agora Shura está realmente feliz, porque ele conseguiu o reconhecimento do Cavaleiro de Ouro, Aiolos.
Capítulo II: Transformação Anormal
O Mestre do Santuário é o líder de todos os Cavaleiros. Em todas as gerações o Mestre escolherá um sucessor dentre os 12 Cavaleiros de Ouro. Um cavaleiro que seja Benevolente, Inteligente e bravo. Antes do começo da Guerra Santa, a cerimônia de sucessão é realizada.
A tão conhecida Guerra Sagrada é feita desde quando, o Deus dos Mares, o controlador do Atlântico, Poseidon, tentou dominar a terra e encontrou como obstáculo a Vontade dos Deuses e então foi iniciada a luta pelo poder.
Quando o mal está sobre a Terra, Atena nascerá. Antes da luta começar, o Mestre mandará todos os Cavaleiros, espalhados pela Terra, voltarem para o santuário. A Guerra Santa acontece a cada 230 á 250 anos. A ultima Guerra Santa foi a 229 anos atrás. Daquela vez, 79 Cavaleiros estavam lá para lutar. Essa foi a vez em que mais Cavaleiros participaram em todos os tempos. Apenas poucos sobreviveram, foi uma guerra quente.
Um deles foi o Mestre de Shiryu, que está morando nos 5 Picos Antigos de Rozan agora, o Cavaleiro de Ouro de Libra – Roshi (Dohko) e mais uma pessoa, o Mestre atual.
  • Mestre: “Ah, Shura, finalmente voltou.”
Diz o Mestre dando boas vindas. Sentado no trono, a face e o corpo do Mestre está escondida por uma máscara e um manto.
  • Shura: “Saudações”
Shura ajoelhando-se, diz respeitosamente.
  • Mestre: “Essa noite descanse.”
  • Shura: “Sim! Obrigado pela sua compreensão.”
  • Ares: “Shura, você provavelmente se tornou muito forte!”
Diz Ares, o irmão do Mestre, parado atrás do trono.
  • Shura: “Ares….são seus olhos…”
Ares está lá para ajudar o velho e enfermo Mestre. Ele faz parte dos trabalhos do Mestre. Ares é um Cavaleiro de Prata. Ele não pode se tornar o próximo Mestre, mas sua personalidade leal tem a confiança de todos os Cavaleiros. Ele tem respeito e ajuda.
  • Ares: “Agora, o Cavaleiro de Ouro do Templo de Capricórnio está de volta também.”
  • Mestre: “Ares, amanha dê a missão a Shura.”
Diz o Mestre enquanto se levanta lentamente.
  • Ares: “Sim! Shura, você pode ir agora. Descanse um pouco.”
Ares segue o Mestre.
  • Shura: “Obrigado pela compreensão.”
Quando Shura está para sair, ele sente atrás de si, um cosmo poderoso e desafiador.
Todo o seu corpo fica nervoso e tenso. (O, o que, esse cosmo?). O Mestre diz:
  • Mestre: “Saga!?”
  • Shura: “Ah!!”
Shura vira-se e vê.
O Cavaleiro de Ouro de Gêmeos aproximando-se lentamente com um sorriso frio no rosto.
  • Saga: “Saudações…”
O Cavaleiro de Ouro de gêmeos, Saga, veio aqui respeitosamente saudar O Mestre.
Saga age com etiqueta. Shura está perdido em pensamentos. Ele decide determinar se aquele estranho cosmo vinha de Saga. Mas Shura apenas sente um cosmo benevolente e malévolo cosmo que nenhum Cavaleiro de Ouro teria. (Estranho…. de quem seria esse cosmo?! Talvez um invasor tenha entrado no santuário….)
  • Saga: “Você é?”
Shura responde.
  • Shura: “O Cavaleiro de Ouro de capricórnio, Shura.”
  • Saga: “Oh… é você…”
  • Shura: “Agora a pouco eu senti um grande e desafiador cosmo, era você?”
  • Saga: “Ah…não…”
  • Shura: “De fato.”
Os dois Cavaleiros encararam-se olho no olho e surgiram faíscas. (O, o que, nos olhos de Saga, há um brilho estranho) Os dois continuaram se encarando. O Mestre finalmente interrompe.
  • Mestre: “Saga, como está a situação de Poseidon?”
  • Saga: “Ainda não tem ocorrido muita atividade.”
  • Mestre: “Saga, vigiar Poseidon é muito importante. você não pode ser negligente. A última Guerra Santa foi a 229 anos atrás, o dia da chegada de Atena está próximo.”
  • Saga: “Sim!”
  • Mestre: “Saga, essa noite fique no santuário e descanse.”
  • Saga: “Obrigado.”
Shura continua encarando Saga, que realiza a etiqueta apropriada, agradecendo… (Saga, alguém com quem eu devo tomar cuidado…)

Nenhum comentário:

Postar um comentário